Tudo Sobre Arqueologia Paisagem da pirâmide - Tudo Sobre Arqueologia Bandeira

Pergaminhos do Mar Morto


Pergaminhos do Mar Morto: O que são?
Os Manuscritos do Mar Morto são conhecidos como a maior descoberta de manuscritos dos tempos modernos. Eles foram descobertos entre 1947 e 1956 em onze cavernas ao longo da costa noroeste do Mar Morto. Esta é uma região árida cerca de 20 km a leste de Jerusalém e cerca de 430 metros abaixo do nível do mar. Os Manuscritos do Mar Morto são compostos dos restos de aproximadamente 825-870 rolos distintos, representados por dezenas de milhares de fragmentos. Os textos são mais comumente feitos de peles de animais, mas também de papiro e um de cobre. Eles são escritos com uma tinta à base de carbono, da direita para a esquerda, sem usar nenhuma pontuação, exceto por um recuo ocasional de parágrafo.


Pergaminhos do Mar Morto: Por que são importantes?
Os Pergaminhos do Mar Morto podem ser divididos em duas categorias: bíblicos e não bíblicos. Fragmentos de todos os livros do Antigo Testamento (cânone hebraico) foram descobertos, exceto do livro de Ester. Agora identificados entre os pergaminhos são 19 fragmentos de Isaías, 25 fragmentos de Deuteronômio e 30 fragmentos dos Salmos. O pergaminho praticamente intacto do livro de Isaías, que contém algumas das profecias messiânicas mais dramáticas, é 1.000 anos mais velho do que qualquer cópia anteriormente conhecida de Isaías.

Além dos manuscritos bíblicos, há comentários sobre o cânone hebraico, paráfrases que se expandem no Torá, normas e regulamentos comunitários, regras da guerra, salmos não-canônicos, hinos e sermões. A maioria dos textos são escritos em hebraico e aramaico, com alguns em grego.

Os Pergaminhos do Mar Morto parecem ser a biblioteca de uma seita judaica, com os essênios sendo considerados os mais prováveis. Perto das cavernas são as antigas ruínas de Qumran, uma aldeia escavada no início de 1950 que mostra ligações aos essênios e aos pergaminhos. Os essênios eram escribas judeus estritamente observadores que aparentavam ser de pensamento messiânico e apocalíptico. A biblioteca parece ter sido escondida em cavernas em volta da primeira revolta judaica (66-70 dC), quando o exército romano avançou contra os judeus.

Com base em vários métodos de datação, incluindo o por carbono 14, de paleografia e dos escribas, os Pergaminhos do Mar Morto foram escritos durante o período de cerca de 200 aC a 68 dC. Muitos manuscritos bíblicos cruciais (como o Salmo 22, Isaías 53 e Isaías 61) datam de pelo menos 100 aC. Como tal, os Pergaminhos do Mar Morto têm revolucionado a crítica textual do Antigo Testamento. De forma fenomenal, podemos ver que os textos bíblicos estão em substancial acordo com o Texto Massorético, bem como traduções variantes do Antigo Testamento usadas hoje.


Pergaminhos do Mar Morto: Dramática evidência da confiabilidade da profecia messiânica
Os Pergaminhos do Mar Morto compõem o mais antigo grupo de manuscritos do Antigo Testamento jamais encontrados, com datas de cerca de 100 - 200 aC. Isto é dramático porque agora temos provas absolutas de que as profecias messiânicas contidas no Antigo Testamento de hoje (tanto judeus e cristãos) são as mesmas profecias messiânicas que existiam antes da época em que Jesus andou nesta terra. Não podemos deixar de mencionar que a confiabilidade do manuscrito e crítica textual fizeram grandes avanços! Avalie por você mesmo - não há dúvida de que Jesus Cristo era o Messias pelo qual os judeus estavam esperando!


Read Pergaminhos do Mar Morto Page 2 Now!



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





How can I know God




When you die, why should God let you into heaven?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutArchaeology.org, Todos os Direitos Reservados